Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anelo

Anelo


Meu coração pergunta:
Como, Senhor, habitar contigo no teu tabernáculo?
Como ter, contigo, comunhão?
E tu respondes, à minha alma aflita:
“Sê fiel em meio à tua geração”.
Pai, que o meu viver neste mundo
possa claro testemunhar
que estás em mim, Senhor,
que estou contigo –
e nada, de ti, me venha afastar!
Que eu seja íntegra, Senhor!
Fale sempre a verdade,
aja de acordo com a fidelidade.
E, dirigida por ti a minha consciência,
seja capaz de, ainda na velhice,
ter a pureza, a precisão da inocência.
Não me deixes destruir meu próximo
com palavras ou com meu proceder.
Que eu não me ligue ao perverso, ao malvado,
àquele que por si só está condenado...
...minha boca não profira injúrias,
mas honre o que te teme, ó Senhor.
Seja eu firme no cumprir minhas promessas
Ainda mesmo em prejuízo ou dor...
Meu dinheiro, como mulher sábia,
possa administrar - repartir, doar –
E os inocentes eu respeite,
que nunca eu me deixe subornar!
Ó Senhor, opera em mim Tua vontade,
me faz andar no teu querer, na tua luz,
que unida a ti eu permaneça firme,
agradecida a ti,
fiel a ti, Senhor Jesus!


Edienic
Enviado por Edienic em 06/12/2007
Código do texto: T767347

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (CMC .http://www.recantodasletras.com.br/autores/edienic). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Edienic
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
27 textos (2212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 02:40)
Edienic