Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ciranda

    Da pequena janela via-se o céu escuro e límpido.
    A estrelas enquanto brilhavam dançavam em volta da lua.
    Papai dizia que brincavam de ciranda.
    Bastava fechar os olhos para imagina-las.
    Cintilantes. Pontos brilhantes.
    Mas logo desapareciam. Junto aos sonhos.
    Outra estrela então surgia.
Deia Tumenas
Enviado por Deia Tumenas em 25/01/2010
Código do texto: T2050324

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deia Tumenas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 32 anos
217 textos (17170 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/06/19 18:23)
Deia Tumenas