Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Mulher


Num lance
Relance
Tudo compreendo
Vejo o arremedo de ser traído

Entre textos e linhas
Percebo que já tinha companhia
Há muitas vidas
Vejo que não estava sozinha
Numa bola dividida
Sem chances de vencer

Mente, desmente competente
Tola, imprudente, demente
Dormente
Na minha insana mente
Pensando ser amor

Nada tinha para mim
Nada era para mim
Palavras
Ocupadas
Devolvidas
Em poesias tão partidas
Bipartidas
Divididas
Entre tantos amores

Tola tão crente
Que não percebe a mente
Nem mente impunemente
Tudo tão em vão
E ainda sorri
Se mostra tão satisfeito
Tantas vezes deve ter rido
Do meu jeito
Tão contrafeito dos meus amores

Piadas contidas
Talvez repartidas
E então sorridas
Por outras amantes
Em risos ressonantes
Talvez, até mesmo
Na cozinha, na sala, no banheiro
Quem sabe no chuveiro
Entre espumas de sabão...



Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 04/07/2006
Reeditado em 11/12/2007
Código do texto: T187116
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fátima Batista
Santo André - São Paulo - Brasil, 55 anos
1436 textos (74679 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/11/18 05:17)
Fátima Batista

Site do Escritor