Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REAL CHANCE....






Lembro do dia que entrei aqui;
correria para conseguir...
Prova; na verdade, concurso...
E cá estou, já, na porta de saída...


O tempo passa muito rápido...
As lembranças vão se construindo
pelo caminho, que se forma em
conhecimento, em vida vivida...


Tudo já é passado... Construo
no hoje, de novo, um novo futuro;
novos possibilidades... Por enquanto,
apenas uma espera, um sonho...


E enquanto o tempo passa, vou
aprendendo a viver comigo mesma,
de tal maneira que seja bom viver
com as outras pessoas...


Já não tenho mais medo...
As pessoas já não me assustam
mais... As conheço e reconheço,
diante do aprendizado que adquiri...


Sabedoria se consegue com o tempo...
Inteligência e conhecimento, antes
dela... Depois se consegue entender
os porquês dos diferentes sentimentos...

Já não tenho medo das pessoas...
Mas ainda tenho medo de arriscar
um novo amor... Espero por você,
tanto tempo essa espera já...


Mas não sei porquê, meu coração
não desistiu de você... Ainda em
meus pensamentos você vem,
a trazer esperanças... Lembranças...


Lembranças de um tempo que passou;
que foi intenso em nossos desentendimentos;
que deixou marcas profundas em meu ser;
e que ainda mexem comigo...


Até quando, não sei... Talvez após nosso
amor se realizar... Ou eu ter, enfim,
conseguido dar a volta por cima...
Não vou bater o martelo, ainda...


Esperança é a última que morre?
Talvez então por isso essa minha
vontade de ter você do meu lado;
oportunizar novo amor, não morreu...


Mas tudo tem um tempo, um limite...
Meu tempo de te esperar, persiste;
só não sei quanto tempo... Depois
de você, ninguém mais teve real chance...





Maria Tereza Bodemer
Enviado por Maria Tereza Bodemer em 10/04/2019
Código do texto: T6620251
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Tereza Bodemer - Recanto das Letras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Tereza Bodemer
Rolim de Moura - Rondônia - Brasil, 56 anos
779 textos (15183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/06/19 14:41)
Maria Tereza Bodemer