Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

amálgama

















Nunca mais reclamaste para ti o meu corpo
um corpo que era teu, somente teu
eu evolava da manga e da uva o gosto
adocicada pelo amor, que você me deu

tu me tinhas todas as horas apaixonada
eu e tu éramos como conto de fadas

mas agora nunca mais vi em tua boca a saudade
daqueles tempos em que a gente era uma só vontade.





 
Gilvania do Monte
Enviado por Gilvania do Monte em 12/04/2019
Reeditado em 12/04/2019
Código do texto: T6621798
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gilvania do Monte
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 50 anos
9041 textos (150480 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/05/19 02:17)
Gilvania do Monte

Site do Escritor