Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 

É aqui neste cantinho que o meu corpo veio repousar
Sob a varanda da velha casa, na rede fui me deitar
balançando suavemente para lá e para cá,
De olhos fechados parecia flutuar
A brisa fresca da madrugada veio o meu corpo acariciar,
trazendo consigo o cheiro da terra molhada!
Fez-me lembrar das folhagens verdes à beira mar,
Eu e você ao som das ondas agitadas,
o cheirinho gostoso da terra, fez-me relaxar
e mais um cálice de vinho degustar.
É aqui neste cantinho que quero esta noite ficar
e dos bons momentos recordar
No silêncio da penumbra
sobre a luminosidade da lua
está um céu azul, discreto...
Observando-me, quase chorando...
os grilos estão festejando,
os vaga-lumes dançando...
Os meus pensamentos voando ao teu encontro
Neste momento, o que mais quero é te tocar,
A tua boca molhada beijar.
Em teus braços quero estar,
em teu corpo me realizar.
Não me deixe esperando!
Venha me buscar, venha comigo ficar!
Como na noite em que nos encontramos
e lá permanecemos abraçados observando
As estrelas da noite de luar,
deitamos na areia entre as folhagens
onde somente os amantes apaixonados poderiam estar...
Foi ali que os nossos corpos se juntaram...
acelerando os nossos corações, fazendo nossas faces ruborizar
quando menos esperávamos, já estávamos dentro do mar...
Marta Rodriguez
Enviado por Marta Rodriguez em 13/10/2007
Reeditado em 07/11/2007
Código do texto: T692838

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar o nome do autor e o link para o site www.amorxpoemas.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marta Rodriguez
São Paulo - São Paulo - Brasil
448 textos (78970 leituras)
7 áudios (1124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 21:07)
Marta Rodriguez