Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O COMPANHEIRO DA NOITE

As canções se desentoam
perdem ritmo e harmonia
No velho rádio desbotoam
fogem as ondas... a sintonia

Foram tantas madrugadas
retinindo nos ouvidos
modinhas apaixonadas
dos amores mal vividos.

Entre embalo e sonolência
bocejava o locutor
satisfazia a carência,
dos ouvintes , de amor.

Desse modo adivinhava
que de lá, os sofredores
nas canções que ele tocava
recordavam seus amores.

Eu também adormecia
quando, como, por magia
punha a minha preferida
Era assim, que eu, dormente
o amor de adolescente
já sonhava ter na vida.

Tanto tempo se passou
meu radinho se calou
tantos sonhos adormecidos.
Pra aumentar a minha dor
pareço ouvir o locutor
trazer canções aos meus ouvidos.
Elfrans Silva
Enviado por Elfrans Silva em 24/01/2021
Código do texto: T7167623
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Elfrans Silva
Maringá - Paraná - Brasil
85 textos (856 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/03/21 01:01)
Elfrans Silva