Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O porão da humanidade

É sombria
A noite.
Sombria e bela!
Reina a magia.
As estrelas brilham
piscam,
umas mais,
outras menos.
Pura alquimia!
Vou à janela.
Aparece a lua
fininha!
É minguante.
Ilumina
junto com as estrelas,
o inferno que esconde
no porão
da humanidade.
Três mil homens
é a crueldade!
A sombra
vai se espalhando!
O medo toma conta
das criaturas que
aqui habitam.
A lua vai minguando.
As estrelas, ainda,
vão piscando.
A sombra paira
no recanto mais bonito,
povoado de mito,
que abriga...
o amor,
a dor,
o terror!
zaciss
Enviado por zaciss em 30/05/2006
Reeditado em 15/08/2018
Código do texto: T165952
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
zaciss
Lavrinhas - São Paulo - Brasil, 69 anos
345 textos (13917 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/18 05:20)
zaciss

Site do Escritor