Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Saudades


Hoje eu matei saudades!
Fazia tanto tempo, e uma falta enorme
Que não te via!

18:30 horas – esperando rodízio passar
Eu te encontrei!
Deus dos Céus! Que saudades louca!

Não tive dúvidas!
Sentei-me na cadeira de madeira,
Pedi um café expresso com pouco açúcar
Um pão de queijo!

Nada como a primeira mordia
E o primeiro gole
No Bar da Estação!
Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 21/06/2006
Reeditado em 12/12/2007
Código do texto: T179440
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fátima Batista
Santo André - São Paulo - Brasil, 55 anos
1436 textos (74679 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/11/18 05:45)
Fátima Batista

Site do Escritor