Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOB A LUZ DA LUA FRIA

   
Combinam-se os elementos
na alquimia de um amor sem igual
e que se faz intenso e pleno
sob a luz da lua fria
como a essência de um perfume
liga primordial.
O fogo da luz fria, vai crepitando
derramando-se como semem
pelas ancas abissais, falésias
precipitação no ar em vôos
ascenssores pelos litorais.
A musica atonal que a todos
enleva, exercícios de sedução.
O filtro do amor que lança
os entes, ao desespero do sexo
em um torpor dolente.
Os frutos deste amor
porque são aromas, ninguém
os come, e se não são do mar
ou da terra, ficam caídos
pelos cantos na areia seca
do deserto, ao alcance
da sede e da fome.
E são aquosos, já mordidos
liquefeitos como os rios
que levam as almas
à promissão, à explosão
de paixões e de cardumes.
Os peixes jogam o inter-texto
do claro/escuro.  Sereias margeiam
mentes, e são as fantasias
de um épico romance
que é mais que a vida, que é mais
que o mar, eterna calma em propulsão.

Ricardo S Reis
Enviado por Ricardo S Reis em 29/01/2007
Reeditado em 29/01/2007
Código do texto: T362098

Comentários

Sobre o autor
Ricardo S Reis
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 62 anos
86 textos (3367 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 04:15)
Ricardo S Reis