Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
SERPENTES



SERPENTES 17-04-2013
A poesia serpenteia entre a vida e morte.
A poesia dita palavras ao vento e muda a sorte?
A vida exala poesia em lânguidas serpentes enrodilhadas...
Escancaram enormes bocas e venenos aplicam como
Anestésicos?
Ou melhoram surtos hipertensivos talhadas em mãos sábias?    
 
Serpentes venenosas ou não?
Lágrimas de dor ou emoção?
Vida com efusão ou morte em profusão?

 
INEZTEVES
Enviado por INEZTEVES em 22/04/2013
Reeditado em 25/04/2013
Código do texto: T4254570
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
INEZTEVES
Japeri - Rio de Janeiro - Brasil
1381 textos (113975 leituras)
290 áudios (28913 audições)
2 e-livros (117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/01/20 00:13)
INEZTEVES