Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



A noite está tão alegre 
que as estrelas brilham
felizes e bem divertidas...
A noite trás inspiração 
ao pobre poeta solitário
que deixa o seu coração 
pulsar tanto amor na linhas
das suas eternidades...
Rabisca ideias e luta
conta os seus anseios
morre de amores pela 
linda donzela que fica
todos os dias na janela
esperando ele passar
e esvoaçar uma quadra
de pirosos poemas
para se declarar a ela... 
Fecha a sua janela rindo
a linda donzela, divertida
imaginando o dia seguinte!
O poeta morre de amor
é só a ela que ele quer
e sonha com a sua donzela
vestida de branco, com 
seus cabelos lindos ao vento
negros como a noite e 
sedosos como a sedas do oriente.
Chora pobre poeta apaixonado
deixa que as tuas lágrimas
escrevam lindos poemas 
que estão e escondidos 
no teu coração aprisionados.
E definas de amor nas masmorras
do castelo do teu senhor 
um dia ela te soltar dessa prisão
e os vão fazer loucuras de lindo amor!
 
Betimartins
Enviado por Betimartins em 06/01/2018
Reeditado em 06/01/2018
Código do texto: T6218185
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Betimartins
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
1800 textos (133283 leituras)
9 áudios (936 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/20 15:10)
Betimartins