Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Utopia
Nadir A. D'Onofrio

Como disse Manoel Bandeira.
Vou-me embora p'ra  Pasárgada,
lá sou amigo do rei!
Também esse lugar idealizei
viver, sonhos, fantasias.
Levarei todos meus amigos
quero, o carnaval festejar,
Entre máscaras, confetes, serpentinas,
Montanhas, lagos, jardins,
um simples barraco, ou, palácio real...

Salões suntuosos, ou, brisa
 amena, de uma linda cachoeira.
Agradável aroma de lança-perfume,
Ou simplesmente, o cheiro do mato.
O som contagiante, de uma marcha carnavalesca,
ou, o farfalhar das folhas do bambuzal,
ao toque acariciante, do vento que passa
deixando sua, melodia ecoar.
Encontrar a paz de um mosteiro budista,
ou ouvir burburinhos de homens,
mulheres, pássaros e animais....

Inverno...para saborear, bom vinho
no aconchego de uma lareira,
Verão... o astro-rei a brilhar com seus matizes,
o espetáculo do entardecer apresentar.
Outono... com suas folhas, coloridas
cobrindo nosso chão
levando-nos, a profunda reflexão.
Primavera... estação das cores, flores
incendiando, corações.
Existe lá uma boa, rampa,
para quem gosta de asa delta, decolar.
Eu...prefiro, parapente... no azul a flutuar!
Quero logo à minha Pasárgada chegar,
se, não for muita pretensão,
meu Shangrilá poder encontrar!

21/02/2004
Praia Grande/ SP

Respeite Direitos Autorais.

 
Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 10/03/2005
Reeditado em 15/09/2020
Código do texto: T6307
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Serra Negra - São Paulo - Brasil
947 textos (103136 leituras)
147 áudios (14205 audições)
12 e-livros (3173 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/10/20 04:17)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor