Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem tudo



Este instante é breu meu ,
escuro teu
e tanta luz distante
tem a tua vida
essa única morte minha,
sem alma,
sem vida,
sem rima.

Há desgostos que nunca se acabam,
sempre acham novas estradas
e vêm morrer perto da gente
com o que não se sente
nem se acha!

Dou-te o tempo,
esse adivinho de nós,
esse triste algoz
sabe tudo de nada
e do nada que fomos
Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 17/09/2007
Código do texto: T655954
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulino Vergetti Neto
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 59 anos
2398 textos (137199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 18:17)
Paulino Vergetti Neto