Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canto da desilusão

Não sei de que matéria são feitos os sonhos
e mal tenho esperanças de sabê-lo
Quase todos os meus ja se desintegraram
e os que me restam, ja estão por fazê-lo

Cansei de correr atrás de respostas
que muitos encontram na ciencia e na religião
Lógicas que são tão claras à nossa alma
e nada tangíveis à nossa razão

Tenho o olhar mais desconfiado do mundo
a todo humano que me oferece o coração
Caí em todas as iscas que me tenham lançado
e com o coração calejado, aprendi a dizer não

Não sei de que matéria são feitos os sonhos
Minha descrença arde a minha vista e turva
como uma casa sendo levada pela enchente
Dissolvidos os sonhos nas gotas de chuva

Outros parecem ser feitos de rocha
tornam os sonhadores seres imortais
transformam a realidade de tudo o que tocam
Vivem e morrem por seus ideais

Realmente, não sei de que matérias são feitos os sonhos
Mas tenho idéia do que foram em minha vida
por isso, não mais os possuo, apenas espero
o apagar das luzes e o aliviante fechar das cortinas
William Gali
Enviado por William Gali em 27/09/2007
Reeditado em 27/09/2007
Código do texto: T671125

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (André William Santos ( Pseudônimo: William Gali )). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
William Gali
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 35 anos
38 textos (3734 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 00:45)
William Gali