Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Labirinto Interior

Ao olhar para mim vejo dois olhos nus,
dissolvo-me  as brasas do tempo que arruína
as flores pútridas de uma primavera infernal,
estão aqui como o último consolo de um homem solitário.

Para romper o véu denso que nos separa,
enveneno-me e fico ainda mais longe de ti,
arranco mais uma camada da minha carne
ficando mais monstruoso do que antes.

Salto pela janela do arranha céu e espero que o chão nunca chegue,
sinto a dor se transmutar em prazer num movimento espiritual doentio,
por isso espero-te, espero-te mas não faço nada!
Vou andando e comendo minha própria carne em meu labirinto interior
Wesley Rocio
Enviado por Wesley Rocio em 01/09/2019
Código do texto: T6734711
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wesley Rocio
Guarapari - Espírito Santo - Brasil, 39 anos
206 textos (3439 leituras)
13 áudios (395 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/19 23:28)
Wesley Rocio