Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Brincar com Vodca

Brincar com Vodca

Sem consciência da cadeia de eventos,
abre portas e se fecham milhares,
em enjôo preso em cata-vento,
discrepando-se em idéias idiotas
e gaivotas! Voam em pensamentos...
Em uma impulsividade que caótica,
não condiz precisamente ao momento...
E levando a fazer cousas sem lógica...
Imprudência?! É brincar com vodca,
derretendo o seu cérebro em lógica,
deturpada!
Imprudência?! É tudo abraçar,
sem a ciência do que respeitar,
ou temer...
Imprudência?! É fechar as portas!
Essas portas não abrem jamais,
abrem outras bem mais infernais,
essas não são portas são comportas,
e não importa o do que são compostas
são só portas que tortas me entortam
e me levam na força dos mares
que me puxam p'ra abaixo razão,
em  convulsividade de impares
distorções neurológicas, não,
não, não é sério isso!

Imprudência? É ser impulsivo,
não prestar atenção no que faz,
e não ter um momento de paz,
simplesmente por  ser um ser vivo!
Realidade não bate na óptica,
e imprudência?! É brincar com vodca...
Geleiras
Enviado por Geleiras em 07/10/2007
Código do texto: T683960

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citando meu endereço http://geleiras.blogspot.com, e o meu nome "Marcel Angelo"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Geleiras
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 28 anos
226 textos (4433 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/17 22:37)
Geleiras