Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poiné

*poiné - do grego, sofrimento, castigo, punição.


tudo se faz tão sombrio
não há mais música
não há mais sol.
a chuva cai e nada mais
sem sorrisos,
sem palavras.
sem mais nada.
sem sentidos sem ser nada
sem ter tido
sem ter nada
nem sentido
nem prazer.
sem o sonho sem um nada
sem a dor da punhalada
sem a raiva deste mundo
sem nada.

e dói quando respira
e dói quando se vê
e dói quando nao acha
e dói sem nem querer.

mas dói e tanto se faz
quanto a sonhar e nada mais
quero paixão e seus sentidos
paixão me satisfaria,
pois a paixão, de tão rápida
destrói a dor e tudo mais,
e paixão, por rápida ser
até a morte ela mata
contudo
nao mata quem se quer
da vida se queixar
e sem vida fica
sem nenhum consolo ter
esperando a morte chegar,
por sem mais paixão viver.
-tolo

e morre a sorrir em sonhos
mas morre por tudo menos paixão
pois algo de impossivel
pro apaixonado
é morrer pelo coração
quando o tolo se apaixona
nao se vê o abismo
não se cai e nao se morre
nao se chora e nao se mata.
pois pra morrer
não é de paixão que precisa
pois o coração só se mata
quando o amor o infarta.
Leff
Enviado por Leff em 12/11/2005
Código do texto: T70694


Comentários

Sobre o autor
Leff
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 30 anos
28 textos (1674 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/08/20 15:10)
Leff