Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Girassóis

Não sei onde estou...
Entorpeço-me neste firmamento
fragmentado
incorpóreo
longínquo,
neste decorrer de horas inúteis.

No meio deste desassossego,
girassóis estéreis
perguntam-me
_ Onde mora a solidão humana?

E das cinzas dos mortos
desperto em morno tédio
febril,
incerta seiva
viajando entre céu e inferno,
onde felicidade
é o adormecer eterno.
Luciah López
Enviado por Luciah López em 20/11/2007
Reeditado em 19/04/2009
Código do texto: T745267
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciah López
Curitiba - Paraná - Brasil
1432 textos (76769 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 20:07)
Luciah López