Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor... E... vida!.

Amor...

Mesmo que tivesse o mundo, persistiriam os vazios.
Mesmo que tivesse todo o amor, persistiriam os medos.
Mesmo que tivesse havido paixão, persistiriam as desconfianças.
Mesmo  se houver amor, persistirão  duvidas.

Somos eternos em nossas procuras.
Procuramos por um amor, por uma resposta.
Procuramos por uma paixão, procuramos por um amor.
Mesmo que o amor demore em chegar.

Somos eternos vazios a preencher.
Somos convictos de nossas certezas absolutas.
Somos convictos de que não existe amor,
Quando  queríamos uma paixão.

Somos seres humanos a procurar.
Por amores que não virão,
Por amores que se foram, e que teimam em voltar.
Somos eternos vazios a procurar.

Você está a procurar.
Mas onde encontrar?
Algo   que a faça sentir,
O verdadeiro sentido da vida.

Voe, procure, tente encontrar.
Uma vida que ficou  escondida,
Um amor que está a esperar. Um amor que quer lhe encantar,
Quando desta viagem, você voltar.


Para uma mulher muito importante em minha vida!
Para você que mudou minha vida...M.E.F

Geraldo Magela Rosa.
03 de setembro de 2003.



 
geraldo rosa
Enviado por geraldo rosa em 19/01/2007
Reeditado em 26/04/2008
Código do texto: T351703
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
geraldo rosa
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 59 anos
60 textos (6901 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/20 02:50)
geraldo rosa