Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GUERRA E PAZ*



Explique a você mesmo
O que lhe tira o sossego
O que lhe traz desespero
Seu conflito verdadeiro...

A guerra é também interior
Você contra você, se tutor,
De seus desejos, não for
Atento e fiel observador...

Este conflito sem trégua
Fere... Mede, com regras
O seu pessoal e social, valor
Se distinto parecer e não for.

As pessoas comuns, fazem parte do rebanho unânime... Estas podem ser mais felizes. Aquelas que estiverem as incomuns, são muito instigadas a mudarem suas posições. Contrariando a máxima do imaginário popular “ a maioria é burra”, há que se considerar: A maioria pode muitas vezes, mas não sempre,estar colocada numa posição estática, reacionária. Algumas passagens históricas como “ A Queda da Bastilha” detonando a Revolução Francesa,pode ser um bom exemplo. Tal mudança, em seguida, já repousou novamente na onda napoleônica... Reacionária... Que depois caiu, etc... Platão é soberano ao refletir... “Por melhor que seja o governo, não se livrará das mudanças revolucionárias.” Ou seja, a hegemonia pode parecer segura, mas tem seus momentos de fragilidade... Mas, os extremos são radicais, conflitais, não aristotélicos e verdadeiramente revolucionários, pois o consenso não confronta com_sente...


Poema Inédito!

* Núcleo Temático Filosófico.
Ibernise M. Morais Silva. Indiara (GO), 07.02.2007.
Ibernise
Enviado por Ibernise em 07/02/2007
Reeditado em 02/01/2008
Código do texto: T372630
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ibernise
Goiânia - Goiás - Brasil, 70 anos
1381 textos (274525 leituras)
7 áudios (1175 audições)
11 e-livros (32132 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 06:05)
Ibernise

Site do Escritor