Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade Azul

Sabe...
Eu passo as noites a olhar as Estrelas
É como saudade de casa
Não olho para o horizonte,
Nem parece que eu vim de lá.

Deito-me na laje, na grama, na areia
E sinto saudade
Animo-me com a beleza do céu iluminado
Todas as flores azuis
No jardim da noite
Deito-me sobre o céu
Como me deito no mar
E mergulho em tuas águas
Deixo-me envolver e levar
Por ondas e ondas
Cada vez mais fortes
Elas me dão vida
Conhecimento e verdade
Elas me levam pra casa
Para um velho sorriso
Um velho abraço
Velhos amores

É imenso este jardim
Mas eu posso senti-lo em meu peito
Posso sentir cada vida que o habita
Posso estar em tudo
Uno no todo.
Dimas Reis
Enviado por Dimas Reis em 22/02/2007
Reeditado em 22/02/2007
Código do texto: T389431

Comentários

Sobre o autor
Dimas Reis
São Paulo - São Paulo - Brasil, 33 anos
60 textos (2069 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 21:16)
Dimas Reis