Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




PÁSSARO DA NOITE


Adormeci!
Meu espírito, pássaro da noite, desprendeu-se do corpo físico
acalentado, na linda plumagem do irreal.
Voou alucinada a tua procura!
Foi busca-te na imensidão da madrugada...
Percorreu longos caminhos...
trilhou por planetas desconhecidos...
Viajou à galáxias distantes...
Já cansado, vislumbrou tua alma-criança
repousando em rósea nuvem.
Teu semblante revelava sublime encantamento!
Temendo quebrantar a magia do momento,
acolhi-me, mansamente, junto a ti
e também repousei.
Despertamos!
Tua alma e a minha fundiram-se numa só,
criando um elo tão perfeito que:
uma luz divina clareou todo o universo;
os anjos entoaram cânticos em nosso louvor;
uma emoção maior se fez presente.
Tudo serenou diante à força de nosso amor!
Nossas almas, amantes de tantas e tantas outras vidas,
reencontraram-se uma vez mais.
"Palavras" fizeram-se desnecessárias,
tamanha a intensidade de sentimentos
que emanavam de nossos corpos espirituais.
A aurora, núncia de um novo dia,
enciumada, espreitou-se no firmamento,
manifestando seus primeiros sinais.
Meu espírito, pássaro da noite, assustou-se
ante à claridade repentina.
Desagregou-se, inconformada, do teu.
Era o momento do adeus!
Seguiu viagem rumo ao corpo jazente
no sono profundo, que tentava,
ansiosamente, ao mundo do real retornar.
Despertei!
Tive a doce ilusão de contigo ter sonhado,
sem, contudo saber que,
verdadeiramente,
estivera a teu lado
e não fora um sonho apenas.
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 31/07/2005
Reeditado em 30/01/2009
Código do texto: T39144


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (953193 leituras)
16 áudios (8941 audições)
311 e-livros (34562 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/08/20 11:10)
Denise Severgnini