Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EM CONTEMPLAÇÃO . . .






sou um traste
um lixo em meio
a léxicos “senões”
falsos elogios
que se perdem fracos
em estilhaços e cacos...
uma pobre, podre
e vulgar porcelana
que se despedaça
ao menor toque
sem reminiscências
e foge de todas
as vis lembranças...
e até o risco dos traços
cuja lágrima
deixa em seu caminho
m'enlameia o rosto
e faz de mim
a sombra do pouco
que me vejo
e daquele traste
lixo podre
que me resta!

(Tadeu Paulo – 12/3/2007)
Tadeu Paulo
Enviado por Tadeu Paulo em 12/03/2007
Reeditado em 12/03/2007
Código do texto: T410041


Comentários

Sobre o autor
Tadeu Paulo
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 77 anos
435 textos (48286 leituras)
2 e-livros (191 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 13:54)
Tadeu Paulo