Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APRENDIZADO DA VIDA

Aprendi que a vida é cheia de surpresas,
Que nos sentimos muitas vezes idiotas,
Que não estamos preparados para nada,
Mesmo tentando ser o que não parece.

Aprendi que às vezes temos de esperar,
Que o que mata a alma é a impaciência,
Que a gente quer que tudo aconteça logo,
Aprendi que nada acontece fora de tempo.

Aprendi que quase sempre erramos,
E procuramos esconder os nossos erros,
Como se errar não fosse coisa normal,
Então, nós nos vemos nos erros dos outros.

Aprendi que tenho de aprender com erros,
Que isso não é só uma frase banal, de efeito,
E que mesmo sabendo e vendo onde errei,
É muito difícil se reparar o defeito e o mal.

Aprendi que devo ser mais compreensivo,
Mesmo que isso me traga mais angustias,
Mas a compreensão é fruto doce do saber,
E que nos tornamos muito melhor assim.

Aprendi, finalmente, tenho muito a aprender,
Sempre, que a vida é uma grande e boa escola,
Onde o aprendizado não para, nunca termina,
Que até depois de partirmos... Ele continua.
Lúcio Astrê
Enviado por Lúcio Astrê em 15/09/2007
Código do texto: T654256

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lúcio Astrê
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil, 60 anos
263 textos (10419 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 07:23)
Lúcio Astrê