Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO HÁ... (Leiam e comentem)

Não há amor tão verdadeiro
Tampouco dor tão forte
Nem orgulho ou preconceito
Que não padeça diante a morte

Não há ser por mais belo
Que não pereça perante o tempo
Nem sonho grandioso ou singelo
Materializado só de pensamentos

Não tempestade tão forte
Que oculte a luz após ela
Aquilo que nos é feio
Pra outro, já é a coisa mais bela

Não há flor por mais simples
Que não fascine uma abelha
Muitas das grandes catástrofes
Surgiram d’uma ínfima centelha

Não há religião que salve
Aquele que a fé perdeu
Aquele que não trilha à luz
Aquele que não serve a Deus.
POETA URBANO
Enviado por POETA URBANO em 02/11/2007
Código do texto: T720658
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETA URBANO
Camaçari - Bahia - Brasil, 42 anos
533 textos (13197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 05:48)
POETA URBANO