Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIVRAI-ME Ó PAI

Amor afasta o cálice sagrado!
Hei de queimar-me o fogo me espera
Não é certo. Mas entender quem me dera
É mais forte qu’eu querer estar ao teu lado

Temo-te ó Senhor da terra e do céu
Mas parece que à prova estou sendo posto
O semblante, a voz, o cheiro, o gosto
Exorcisa-me ó poderoso Deus

Tira-me esses demônios do meu corpo
Ou o pecado irá pouco a pouco
À minh’alma irá corroer e devorar

Dá-me o cálice ó Pai, eu tenho sede
Livrai-me deste laço, desta rede
O inimigo não vai me pegar.
POETA URBANO
Enviado por POETA URBANO em 08/11/2007
Código do texto: T728508
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETA URBANO
Camaçari - Bahia - Brasil, 42 anos
533 textos (13197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 18:56)
POETA URBANO