Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTAMPA DA LIBERDADE

Há quanto tempo deu-se a libertação dos escravos.
Grande encenação perpetrada nos seios da realeza;
Negros libertos, liberdade condicionada,
A uma escravidão disfarçada...
Hoje escravos modernos,
Escravos da era da informática globalizada;
Guetos rurais, favelas urbanas.
Não temos mais Zumbi dos Palmares
Para se rebelar,
Contra a opressão disfarçada.
Racismo velado, silencioso, encapado, disfarçado.
Mas o negro é lindo...
É pureza... Beleza estampada...
Na cor da pele...
E sobrevive lutando e buscando liberdade...
O sangue que corre nas veias é vermelho,
Em todo mundo em todo canto.
Não há sangue azul, amarelo, branco ou negro;
Sangue é vermelho.
Porque ainda tanta segregação?
Desarmem-se os reacionários de alma suja;
Os racistas banais;
Os imbecis de pensamentos e teorias sacanas;
Idiotas periféricos, fazendeiros da morte;
Usineiros escrotos;
Escravagistas modernos, diabólicos nazistas;
Salve Martin Luther King, Zumbi, Mandela,
Castro Alves, e tantos outros...
Fora os reacionários racistas;
Um viva à diversidade as diferenças;
Aprendamos a viver com isso,
Salve os negros,
Salve toda forma de expressão libertária,
Viva a anarquia libertina do fazer o que se quiser fazer,
Fora os Ditadores das republiquetas de areia;
Fora a toda forma de opressão,
Um viva a liberdade;
Um viva a vida!!!
Salve o negro, o branco, qualquer cor...
Salve as cores do arco-íris...
O mundo é colorido...
Um viva a qualquer religião,
Que busque a Deus ou a perfeição...
Viva... Viva a vida...
Salve liberdade...
Lúcio Astrê
Enviado por Lúcio Astrê em 16/11/2007
Código do texto: T740099

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lúcio Astrê
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil, 60 anos
263 textos (10419 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 08:17)
Lúcio Astrê