Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NIRVANA

AS BRUMAS QUE NASCEM EM MEU INTIMO, ESTAGNAM
QUANDO TUA PRESENÇA É ENUNCIADA DE MANEIRA MISTICA
QUASE ETÉRIA, COMO A UMA ILUSÃO, IMAGINAÇÃO.
MIGRA DE MINHA MENTE, PARA O PLANO ASTRAL
ONDE TODO DESENRROLA-SE, TRANSFORMA.
ONDE A PAZ, MISTIFICA-SE NA SUA FORMA, ETERIA.
ONDE MEU SONHO MAS INTENSOS REALIZAM-SE.
A PAZ IMPERA, O SONHO CONCRETIZA-SE DENTRO DE MEUS
DESEJOS.
AS LACUNAS, PREENCHIDAS, COMO A  MARE DE CHEGA.
PORÉM, POR MAIS QUE ALCANCE, O NIRVANA.
PODERIE EU TORCAR-TE, BEIJAR-TE, AMAR-TE.
DE FORMA FISICA, PRESENTE, ELOQUENTE.
OU SEMPRE SERÁ SE MANEIRA PERFEITA, NO PLANO ETERIO.
QUANDO SAIR DE MEU TRANSE, PODEREI VER-TE AO MEU LADO.
INEBRIAR-ME EM TEU PERFUME, DEFLAGRAR EM MIM O EFEITO
AVASALADOR QUE CAUSAS NO NIRVANA.
FECUNDAR DENTRO DE MIM A SEMENTE, DE GERMINARÁ A ARVORE
QUE TRARÁ, O FRUTO DO DESEJO INFINITO.
ONDE MINHAS RAIZES CRAVARAM-SE EM RAZÕES.
PODERÁ EU PERPETUAR DENTRE OS CORREDORES DO NIRVANA.
ENCONTRAR-TE E NÃO MAS PERDER-TE.
FIRMA MEUS DEDOS NO TEMPO E PARÁ-LO
POIS MINHA NINFA, MORAR EM MEUS SONHOS, ELOQUECE MEU DESEJOS, CAUSA-ME DEVANEIOS.
DESPERTO DO TRANSE E AINDA ESTAS COMIGO
CRAVADA EM MEUS PENSAMENTOS, E ARDENTE NA CHAMA QUE
CRIPTAR DENTRO DE MIM
SILVIO BARROS
Enviado por SILVIO BARROS em 02/12/2007
Código do texto: T761370
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
SILVIO BARROS
Manaus - Amazonas - Brasil, 43 anos
28 textos (668 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 00:46)
SILVIO BARROS