Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Ao amado
 
Não percebe
Que a luz desponta no céu
Pra dizer do meu amor


Sanidade

Fumo um cigarro
Bebo um whisky
E olho pro cachorro


A casa

Casa nova
Tão perto, tão longe
Longe dos sonhos


A vida

Tão vazia
Faltando a presença
Contando a ausência


O sonho

Tão longe, tão distante
Perdido no tempo
Esquecido, jogado ao longe


O cigarro

Apagado, amassado
Saudades do amado
Onde está?


Espera

Os cabelos
Tão soltos, tão cacheados
Esperando por dedos...


Os lábios

Não sabem mais beijar
Balbuciam teu nome
Saudade voraz


O corpo

Esquecido, sedento
Sem carinhos, sem amor
Jogado ao relento


O sorriso

Apagado, sem brilho
Esperando os beijos
Há muito perdidos



Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 20/05/2006
Reeditado em 02/12/2007
Código do texto: T159646
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fátima Batista
Santo André - São Paulo - Brasil, 55 anos
1435 textos (74364 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/05/18 10:53)
Fátima Batista

Site do Escritor