Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Versos de pés quebrados.

amargura!? onde o desdouro?
teus pensamentos, brancura de gesso,
"altissonantes muletas de ouro".

(adaptado das idéias e dedicado ao meu pai, Antonio de Freitas Bastos, médico-poeta, que dizia ter versos de pés quebrados . A metáfora "Altissonantes muletas de ouro" é dele).
Marco Bastos
Enviado por Marco Bastos em 13/09/2005
Reeditado em 13/09/2005
Código do texto: T50148
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Marco Bastos
Salvador - Bahia - Brasil, 76 anos
1733 textos (97448 leituras)
2 áudios (533 audições)
1 e-livros (803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/11/20 02:46)
Marco Bastos