Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHÃO DE ESTRELAS



O que aconteceu?//O amor morreu...

Eu era feliz.//Tua felicidade não era a minha
Teu amor me bastava.//eu outra pessoa pensava
Não te satisfiz.//já não mais te amava...

Mardilê Fabre//Denise Severgnini



Errada//Cópia

Vivia num palco//representava teu enredo
vesti fantasia.//sonhava teus sonhos
O que é que eu queria?//era tua sombra e não sabia...

Vilma//Denise Severgnini


Ilusões douradas//Desorientação

Não sou palhaço//sem corda, sem laço
também tenho falsas//sem velas, sem balsas
ilusões de amor.//navego no desamor

Vic Mag.//Denise Severgnini



Errada//Cópia // Disfarçada

Vivia num palco//representava teu enredo // Interpretava uma peça
vesti fantasia.//sonhava teus sonhos // protagonizava um palhaço
O que é que eu queria?//era tua sombra e não sabia...//Vivia uma utopia...

Vilma//Denise Severgnini // Mardilê Fabre


"Chão de estrelas"//Brilho de Lua,

Salpicava minha vida.//tapete iluminado dos meus sonhos
Hoje só noite em breu,//Um adeus, coração entristeceu...
minha amada desapareceu//nosso amor morreu...

Cláudia Zin//Denise Severgnini




Mulher...//Uma Ingrata...

Deixou-me sem seu amor...//...plantou trevas em meu sol
Voou qual passarinho foge do ninho...//...rompeu minhas vestes de sonhos
Em outro ninho se aninhou.//...levou minha felicidade...

Cláudia Zin//Denise Severgnini



Meu barracão//Meu lar

Simplicidade e modéstia, //célula de viva harmonia,
dignidade, alegria e cantar//sem ostentar riqueza
Só havia festa em meu lar//onde imperava paz...

Cláudia Zin//Denise Severgnini




Ilusões//Falsos Amores

Sonhos de uma vida//eram quimeras ilusórias
Fantasias alegres e coloridas,//desenhadas no meu eu
que o tempo desbotou//que o relógio da vida feneceu

Cláudia Zin//Denise Severgnini


Meu barracão // Onde moro///E sou feliz...

Simplicidade e modéstia,// aqui é meu viver///...porque amo o que tenho
dignidade, alegria e cantar//só tinha prazer///...porque aproveito a vida
Só havia festa em meu lar//que deixei perecer///...porque não hei de esmorecer...

Cláudia Zin//Vic Mag///Denise Severgnini



Ilusões//Miragens///Juras

Sonhos de uma vida//Muitas promessas///nem sempre cumpridas
Fantasias alegres e coloridas,//em cores diversas///com manchas corrompidas
que o tempo desbotou//que não sobreviveram///minhas ilusões rasgaram...

Cláudia Zin // Victoria Magna///Denise Severgnini



"Chão de estrelas"//Brilho de Lua,// Véu de amor

Salpicava minha vida.//tapete iluminado dos meus sonhos // Lençóis forrados de estrelas
Hoje só noite em breu,//Um adeus, coração entristeceu...//Da minha vida, saíste. Ela feneceu...
minha amada desapareceu//nosso amor morreu... // Minha alma se confrangeu...

Cláudia Zin//Denise severgnini // Mardilê Fabre




Mulher...// Amada...///Sem você, sou...

Me deixou sem seu amor... // Ficamos eu e a dor...///...existência sem sabor
Voou qual passarinho foge do ninho... // Vida em desalinho...//...pedras no caminho
Em outro ninho se aninhou. // Outro afeto encontrou.///...amor que acabou...

Cláudia Zin // Mardilê Fabre///Denise Severgnini



O que aconteceu?// Qual o caso?// Por quê?Não sei...///

Eu era feliz// Hoje eu não sei...// cheia de ilusões///...se te fiz infeliz;
Teu amor me bastava// eu te adorava// me sentia única///...se vivi só tua presença
Não te satisfiz// onde eu errei?// nem te fiz feliz///...se só pensei em ti...

Mardilê// Victória Magna// Vilma///Denise Severgnini




Meu barracão // Onde moro///E sou feliz...//// Com meu amor

Simplicidade e modéstia,// aqui é meu viver///...porque amo o que tenho //// Dividindo com minha eleita
dignidade, alegria e cantar//só tinha prazer///...porque aproveito a vida //// (A)ventura de escolher
Só havia festa em meu lar//que deixei perecer///...porque não hei de esmorecer...////Irradiava felicidade

Cláudia Zin//Vic Mag///Denise Severgnini////Mardilê Fabre


Ilusões//Miragens///Juras////Alianças

Sonhos de uma vida//Muitas promessas///nem sempre cumpridas////Com certeza, esquecidas
Fantasias alegres e coloridas,//em cores diversas///com manchas corrompidas //// Por ti repelidas
que o tempo desbotou//que não sobreviveram///minhas ilusões rasgaram...//// Tuas tramas a descoberto...

Cláudia Zin // Victoria Magna///Denise Severgnini////Mardilê Fabre



TERCETOS INSPIRADOS NA MÚSICA

CHÃO DE ESTRELAS DE ORESTES BARBOSA
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 06/09/2007
Código do texto: T641838

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 58 anos
11345 textos (924612 leituras)
16 áudios (8891 audições)
311 e-livros (34215 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 17:50)
Denise Severgnini