Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
POETRIX'S IRREQUIETOS
Por Olavo Nascimento (13/05/2019)
================

COMBOIO
Amor que quer amor
Não sai dos trilhos
Trem não descarrilha

-------------------------------
ENCANTOS
Versos decifrando olhares
Sorrisos brancos trocados
Poemas à primeira vista
-------------------------------

EDREDOM

Anoitece meu amor
Hora de ir pra cama
Traga seu cobertor

-------------------------------
COTIDIANO

Vitórias e derrotas
Ilusões e desilusões
Histórias de vidas

-------------------------------
HIATO
Palavras ao vento
Amores esvoaçados
Espaço vazio
------------------------------

INDÍCIOS

Silêncios não falam
Mas são percebidos
Recado dado

-----------------------------
DUBIEDADE

Sou um ser vivente
Mas sempre me pergunto:
Quem sou eu?

-----------------------------
ABRIGO

Noite bem dormida
Sonhos bem acordados
Com seus abraços 

-----------------------------
DOMINGÃO
Eu não sou um sultão
Mas adoro os rebolados
Das meninas do Faustão
-----------------------------

ESCRACHO
Quero ver o que virá
Sem a sua fantasia
Sua máscara cairá
-----------------------------

DESÍGNIO 

Ela sorriu e piscou
Pisou firme no chão
Entendi suas intenções

----------------------------
ALCOVA

Sol se escondeu
Noite se escureceu
Amores pedem cama

----------------------------

==========================
Abraços
==========================


Interações (meus agradecimentos):

14/05/19 19:04 - Luiza De Marillac Michel
Abrigo de coração
No comboio apressado
Olhar desnaturado
------
Do amor embriagado
A razão sem ilusão
No hiato avançado
------
São indícios de paixão
Dubiedade da escolha
Trago teu abraço
------
Sem Faustão nem Globo
Lá está o escracho
Da intenção desmascarada
------
Esse grande amor
Na alcova vingou...  
-----------------------

15/05/19 10:11 - Uma Mulher Um Poema
Noite maravilhosa
Sonho ao seu lado
Entre carícias 
-----------------------























 
POETA OLAVO
Enviado por POETA OLAVO em 13/05/2019
Reeditado em 15/05/2019
Código do texto: T6646384
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
POETA OLAVO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 77 anos
1386 textos (40654 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/01/20 09:13)
POETA OLAVO