Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA INACABADO



    AI QUE ESTA SAUDADE MATA A GENTE,

    DEVAGAR, DEVAGAR...

    LENTAMENTE,

   
Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 29/11/2005
Código do texto: T78446
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
8210 textos (1701909 leituras)
2 áudios (1157 audições)
97 e-livros (6349 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/02/18 15:19)
Maurélio Machado