Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



MENINA ALEGRE
Evaldo da Veiga


Falando sério: VAMOS SORRIR?

Quem te ensinou esse sorriso lindo?
E esse quezinho maroto, afável e alegre?

Retive, vividamente, tuas  histórias 
ou estórias, não importam:
a do tombo na calçada, do mergulho na Lagoa,
"com vinho ou com cerveja?"
 A do calorzinho no estômago,
" lá em cima ou cá em baixo?"
E tantas outras...

Todas, maravilhosas e condizentes à alegria...
Quantas sutis reflexões!
Mas vamos falar em aprendizagem: 
como é que se faz para brincarmos com vida?
Sorrindo pra ela, mercê de tudo..., ou por nada?

Pergunta séria: só vale o sorriso, ou
somente o sorriso é que vale?
Essas frases são idênticas?

Se forem diferentes, possuem o mesmo efeito mágico,
assim como o teu encantamento?
Não, não importam perguntas. Não importa nada,

SE EXISTE  O SEU    SORRISO!

Desimporta ainda, reflexão à resposta, se o caso é sorrir:
DA VIDA E PRA VIDA!

Creio que a terapia do sorriso dependeria de um 
GRANDE TRATADO,
um tremendo esforço de entendimento.

Mas creio também, que o sorriso é algo místico,
que se agrega com facilidade e sutileza, depende...
Se é conviver contigo, bastando conviver com você...
 Eu sei que entendeu, porque entendo você, sempre.
Bem, mas em didática simples, para entendimento geral:
bastando conviver contigo e sentindo tua    áurea penetrante ?...
Assim, creio, finalmente, que o ideal é se afastar do "por quês",
e sorrir, simples e desordenadamente.

Minha doce e meiga menina: quem sabe sorrir como você,
 por certo, e antes de tudo, sabe permitir.
Posso aprender com você?   

Chegar logo, finalmente, ao epílogo
da aprendizagem  do teu sorriso,
 um sorriso somente  para  consumo feliz,
   assim  como    o teu ...

Ainda que eu, aluno infrator e ordinário,
aprenda mesmo assim, a arte do teu sorriso.
E juntinhos e alegres, sorrindo muito,
faremos do nada uma alegre e gostosa realização.
Juntos, sorrindo muito.
Juntos Amor...

VEM !!!


evaldodaveiga@yahoo.com.br
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 18/02/2006
Reeditado em 09/11/2009
Código do texto: T113347


Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 77 anos
952 textos (317228 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 15:54)
Evaldo da Veiga