Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TENTANDO DEFINIR O AMOR






Há certas vezes que quero falar sobre o amor de uma forma que outros ainda não tenham falado. Fico imaginando esta maneira e depois de algum trato à bola, e, não encontrando esse jeito diferente de falar, recuo.Tem outras vezes que sinto essa maneira especial de amor, mas quando tento transcrever para que outros entendam, perco-me nas palavras e não consigo expor meu sentimento. Nestas horas, entre o querer e o não poder, calo-me ante a minha incapacidade de falar. Por outro lado, tenho certeza que melhor do que falar é sentir.
Alguns gostam de palavras bonitas, cheias de adereços e tentam colorir  ou enfeitar o  objeto, de forma que ninguém consegue entender ou sentir este modo, por se tornar distante da realidade do cotidiano de cada um de nós.
Ao chegar à conclusão da minha incapacidade de expor o que sinto, no meu lamento, satisfaço-me em saber do sentimento que tenho, mesmo que não consiga expor meu modo de sentir, com palavras viciadas e circunscritas ao comum do nosso dia.
Alguns procuram no passado, palavras cheias de enfeites e compõem poemas  de amor tentando expor o sentimento, mas, nem mesmo eles sabem o que realmente algumas destas palavras significam. O tempo e as situações mudam, por isso é difícil externar sentimentos só por palavras.
Assim, eu fico longo tempo, imaginando e procurando uma forma de exprimir e colocar meu modo de sentir. Quando não acho, lembro-me que Deus é amor, então entendo que não há uma maneira de definir o amor ou Deus, porquanto, eles ainda são indefiníveis.


27-10-08-VEM

Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 05/03/2009
Código do texto: T1470100

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (122099 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/03/21 13:17)
Vanderleis Maia