Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU PRESENTE VOCÊ RIFOU
Evaldo da Veiga

Tá, tudo bem, isso também é amor.
Te dei uma bolsa de marca, de grife como se diz...
E você, tal o quê, passou nos cobres, rifou.
Amor te entendo, se rifou, rifou...
O que tem de ficar de pé é o nosso amor.
Você muito linda, um sonho do bom...
Fez uma grana preta e aumentou nossos recursos...
Da tal da Bolsa Uilton, coisa assim, não lembro o nome
Que custou dez, você multiplicou por cem...
E ela, a tal bolsa, bem bonitinha e bem acabada,
era a maior Piratona, chegou via Paraguai.
Vamos pra outra, viver o que é bom,
comprar aquele líquido delicioso, e no amor,
humm...  dar-te um banho de champagne...
é esse o nome? 
Não sei, pode ser Espumante...
O que vale é fazer amor bem maneirinho com você,
aquele nosso amor do bom!...

LEGAL...VEM !

www.recantodasletras.com.br/autores/evaldodaveiga

evaldoveiga05@yahoo.com.br
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 26/05/2006
Reeditado em 12/05/2007
Código do texto: T163715


Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 78 anos
952 textos (317401 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/03/21 18:39)
Evaldo da Veiga