Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PODER E OS CARGOS PÚBLÍCOS

Inicio do ano dois mil e seis: moralização
Esses poderes que nos convença,
Judiciário, Legislativo e Executivo,
Para receber de volta a crença.

Demitiu todos os parentes,
Reconheceram por inteiro
Seus pecados nepotismo
Que a Câmara inteira criou
E o sistema plasmou!

Nesse País quem perde o emprego,
Corre no mínimo dois anos atrás
Para novamente se empregar,
Como se explica? cem dias depois
A frase, “Tudo vai se apurar”.

Não, é piada não,
Saiu na  “A Gazeta”
Jornal de grande circulação
Na capital e interior do Espírito Santo,
Solicitando investigação,
A nova troca de favores
Com a turma exonerada,
Ela estava outra vez empregada.

Além de fazerem-nos de palermas.
Burlaram a nossa Constituição
Aderiram á promiscuidade...
Foi mais prazeroso,
Do que abraçarem a moralização.

Os cargos foram sorteados,
Entre Ministério público
E o Tribunal de Contas,
Os quais deveriam dar
Ética e referências.

Dividiu entre ambos,
Nomeando por troca apadrinhada,
Alguns aceitam por inocência,
Causando enorme turbulência.


Alci Santos Vivas Amado
Enviado por Alci Santos Vivas Amado em 08/06/2006
Código do texto: T171809


Comentários

Sobre o autor
Alci Santos Vivas Amado
Mimoso do Sul - Espírito Santo - Brasil, 75 anos
238 textos (35652 leituras)
2 e-livros (141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/02/21 15:56)
Alci Santos Vivas Amado