Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Sem saber

Bem
Sei que nada sei
Que hoje sei menos até que ontem
E menos ainda que amanhã

E
Quem sabe amanhã
Não saberei quem sou
Até mesmo onde estou

Mas
Sei que o tempo passa
As vezes, muito devagar
Outras
Com rapidez estonteante

Sei
Também que ele passou
E que marcas deixou
Pra eu me lembrar
Que devo me agarrar
Na cauda do vento

Ainda
Assim, sei que estou sentada
Custando a me levantar
E voltar a caminhar
Porém
O céu voltou a sorrir
E
Meus olhos voltei a abrir
Pra ver o mundo girar

Gira mundo
Leva-me daqui
Nas asas de Pégasus
Que ainda há muito que fazer!

Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 26/07/2006
Reeditado em 01/12/2007
Código do texto: T202196
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fátima Batista
Santo André - São Paulo - Brasil, 55 anos
1436 textos (74611 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/18 08:26)
Fátima Batista

Site do Escritor