Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão

Boa noite solidão, que entra pela janela do meu quarto sem uma palavra, na surdina da noite. Não te escondas por trás das sombras.
Escuta a chuva soluçando na vidraça, descalça e nua a sussurrar promessas, gotas d´água a desenhar mil ternuras na minha pele.
Quero teu abraço cego
Sinto a falta, não o nego...
O teu corpo solidão, deitado no lugar dele, aumenta a minha dor, constrói a minha loucura
Deixa espalhados pelo chão, cheiros do nosso amor, noites longas de doçura.
Boa noite, solidão. Vem sem palavras
Não é teu silêncio que me machuca.
Não é tua presença que me enlouquece.
Vem e deposita no meu rosto o beijo que já não tenho...
Vem e me aquece.
Alice Daniel
Enviado por Alice Daniel em 12/06/2005
Reeditado em 12/02/2006
Código do texto: T24067


Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Alice Daniel
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
313 textos (43607 leituras)
15 áudios (1591 audições)
1 e-livros (90 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 21:43)
Alice Daniel

Site do Escritor