Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Despedida

Pôxa vida! Já falei contigo:
Vai embora daqui "agora".
Vê se desaparece de minha vida.
Tudo valeu a pena enquanto durou,
Mas eu apenas te usei para meu prazer.
Sei que é duro ouvir isso, mas você é forte;
Não usarei vãmente a misericordia, porque você não merece.
Cansei de você e de seus carinhos tépidos.
Não suporto mais sua presença.
Sua insistência força-me a ser grosseiro,
O que é contrário à minha natureza.
Desculpe-me por não ser o que esperava ter.
Boa sorte da próxima vez!
Agora siga sem olhar para trás.
Tchau! Me deixe em paz!
...
E você, porquê está bisbilhotando a vida alheia lendo este monólogo?
Vá... procurar outro texto!

Canindé, 17 de Julho de 2005.
Copyright by Apollu Stefanno
Enviado por Copyright by Apollu Stefanno em 17/07/2005
Código do texto: T35032


Comentários

Sobre o autor
Copyright by Apollu Stefanno
Itabaiana - Paraíba - Brasil
87 textos (4925 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/08/20 12:40)
Copyright by Apollu Stefanno