Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Máscaras

- Chegou o tirador de máscaras!
Alardeava aos berros o “alarmador”
Função necessária ao estágio
Que o convívio social chegou

E foi nova correria
Atropelos pelas vias, prédios, becos, rodovias...
Gente correndo às lojas de cola
Chorando, rezando, enchendo as sacolas

Comprando adesivos pras bocas
Gritando até ficarem roucas
Porque mudas,
a fala não lhes trairia

- O tirador está chegando!
E os coitados mentirosos foram se descabelando
Banqueiros, políticos, adúlteros...
Todos... Em vão se camuflando

Gente insuspeita: aos prantos,
Por ver iminente seu apocalipse!
Outros tentado lembrar o que disse ou não disse
Juntos vendo a marginalia se fartar de rir

...É que era tudo um blefe
Um acordo entre ela e o “alarmador”
Cuja máscara não tirou
Para debochar do povo

Há! Ficaram indignados
Por serem assaz enganados
Tão ridicularizados
Ao se comportarem assim

Quando o tirador de máscaras chegou
Pegou todos à vontade
Porque ninguém mais acreditou
Que o “alarmador” falava a verdade

Edbar
Enviado por Edbar em 28/01/2007
Reeditado em 28/01/2007
Código do texto: T360994
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Edbar
Recife - Pernambuco - Brasil, 69 anos
3202 textos (97619 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 04:55)
Edbar