Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A magia da poesia.

Na túnica de meus versos
Tiro a poeira do que dizes a mim
Eu franzino menino da poesia
Tudo vem e me acode a este mundo, que é pura poesia.
Éramos sós... E o sol ardia...
Verão iniciava, na primavera que se findava!
As flores ainda sorriam a mim
Quanta ternura se despertava a mim
Em vós também... Não a negais!
Gozar momentos sem iguais
Quanta ternura... Quanta alegria...
Do que dissestes? Do que eu disse?
É bem possível! O amor é coisa escorregadia.
A amizade então é fugidia...
Eu, no entanto, escrevo versos a revelia.
Na liberdade poética de uma nova era
Na magia da poesia,
Eu não me esquecerei jamais
Do que me dissestes em tua poesia
Refletida em meus versos, de aprendiz da poesia.


Fernando A. Troncoso Rocha.
Fernando Troncoso
Enviado por Fernando Troncoso em 01/02/2007
Código do texto: T365603


Comentários

Sobre o autor
Fernando Troncoso
Praia Grande - São Paulo - Brasil
243 textos (5792 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/20 02:38)
Fernando Troncoso