Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INCOMPARTILHAVEL INCÔMODO

                                              Carlos Edyl
       
   Quando sei
      que nada sei
-  Mais que repito a filosofia.

            Confesso a consciência
            como um fardo
            de um pecado
            que certamente cometeria
- Se dele soubesse!!!

E também por que
tão insuportável esse incômodo
de ninguém ver o que eu vejo
- Incompartilhável desejo.

Com meu arrepio
ninguém mais pode se maravilhar.
Com quem adormeço
ninguém mais amanhecerá.

E inatingível, fica o azul
Do céu do fim do labirinto
Céu que só existe enquanto penso
Enquanto sinto
O vazio imenso
Da menina que virou Maria
Da ausência que ela me fazia.

Carlos Edyl
Enviado por Carlos Edyl em 10/02/2007
Código do texto: T376602

Comentários

Sobre o autor
Carlos Edyl
Três Corações - Minas Gerais - Brasil
40 textos (2219 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 11:56)
Carlos Edyl