Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quero o caos

Quero o caos

Vivo o caos, aprecio a discórdia,
Sou demasiado amante da tragédia.
A vida não faz sentido, só na morte se atinge
O ápice, a conclusão de uma obra feita.
Só somos alguém na morte, admirado respeitado,
Pois ninguém se arrisca em blasfemar contra
O espírito de um poeta morto.
Quisera existisse mesmo alguma coisa além do túmulo.
Para vermos de lá, as pessoas falsas acariciando-nos a face,
Com um disfarce invisível aos vivos,
Que é a hipocrisia dos mortais.

Brasília 12/02/2007
Evan do Carmo
Evan do Carmo
Enviado por Evan do Carmo em 13/02/2007
Reeditado em 13/02/2007
Código do texto: T379510

Comentários

Sobre o autor
Evan do Carmo
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 56 anos
1053 textos (56140 leituras)
25 áudios (1744 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 08:52)
Evan do Carmo