Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto








FIM DE TARDE 





Enquanto da tarde quente
o sol se despedia,
alaranjando o infinito azul,
e a suave brisa passeava
por entre a verde e fresca relva,
a menina encantada sonhava
olhando para a imensidão do mar,
muito além do horizonte...

Imersa em seus pensamentos,
festejava com incontida alegria
as ternas carícias vividas
naquele dia que se findava
de forma magnífica..
No firmamento desenhos pintados 
com as mais belas cores.

Feliz, imaginava-se valsando
coberta de estrelas
rolando em nuvens macias,
banhando-se no frescor
de viçosas e coloridas pétalas...

A noite chegou
apagando as cores do entardecer,
escureceu o céu
daquele doce e sensível coração

A brisa já não era mais suave,
tornou-se vento gélido
sacudindo a menina que sonhava,
desnudando a realidade,
acabando com a mágica fantasia...

A menina recolheu seus pertences
limpou as vestes,
alisou os cabelos rebeldes,
passou as mãos nos olhos úmidos,
olhou para o nada,
vestiu-se de mulher e partiu! 






Luiza Sampaio
Enviado por Luiza Sampaio em 11/03/2007
Reeditado em 12/07/2008
Código do texto: T408497


Comentários

Sobre a autora
Luiza Sampaio
Santos - São Paulo - Brasil, 66 anos
250 textos (53787 leituras)
16 áudios (2688 audições)
3 e-livros (453 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 22:15)
Luiza Sampaio

Site do Escritor