Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

= Perda total =

Escondeu-se tão bem.
Omitiu-se da vida.
Dos sonhos demitiu-se.
Sentiu-se bem com a sensação de estar protegido.
E ficou ali, na falsa, perigosa e enganosa sensação
de que nada o atingiria, magoaria, doeria, feriria...
Um dia precisou procurar-se. Sentiu falta de si.
E não se encontrou.
Mas percebeu que de nada adiantaria encontrar-se.
Seu tempo havia passado.
Escorrera-lhes pelos dedos e ele nem percebera.
Chorou, sentindo-se um desperdício humano,
na vida um fracasso.
Da vida um arremedo. Um ameaço
Encolheu-se, sentiu frio. Sentiu medo...
Adiado. Nem começado. Findo.

= Roberto Coradini {bp} =
13//01//2014
**************
Inspirado no poema de
Francisco Octaviano

“Quem passou a vida em brancas nuvens
E em plácido repouso adormeceu,
Quem não sentiu o frio da desgraça,
Quem passou pela vida e não sofreu
Foi espectro de homem, não foi homem,
Só passou pela vida, não viveu.”

(Francisco Octaviano)

*Francisco Otaviano de Almeida Rosa – 1825/1889 – RJ,
foi um advogado, jornalista, diplomata,
político e poeta brasileiro
BETO bp
Enviado por BETO bp em 16/01/2014
Reeditado em 16/01/2014
Código do texto: T4651379
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
BETO bp
Jundiaí - São Paulo - Brasil
3541 textos (217163 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/21 10:53)
BETO bp