Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SILÊNCIO... E O TEMPO!


O tempo passa silencioso... quase sem se dar conta!
 
As horas deste tempo que passa... também vão passando... os dias vão correndo e a vida ficando mais estreita... mas se permite ter a companhia da sua eterna amiga: a Solidão!

Minha roupagem é feita com o silêncio do tempo que corrói a solidão... com os medos que destratam as palavras... com as vozes que se calam dentro do tempo... com o amor que ficou nas pedras do esquecimento... com a dor do vazio frio do tempo... com as quimeras que choram à luz tremeluzente da lua... pulsando ao som da voz que passa gritante pelas vielas escondidas do meu pensamento...

Os dias passam vazios e a distância se torna maior... ainda que o silêncio do tempo passado nos traga tantas lembranças... quantas saudades... quanta ternura esquecida no silêncio dormente do grande relógio do tempo...

Olho em redor... tudo é estranho... já se passou tanto tempo desde a última vez que fizemos amor... que nossos corpos se uniram num perfeito sobressalto de paixão... desde quando o sangue ardente gritando estridente nos abrasava num só corpo... numa só alma... num só coração...

Ah... como é doce e amarga a solidão do silêncio do tempo que nos arrasta para o infinito... que nos deixa num emaranhado labirinto de saudades secretas... num vazio de sonhos por viver... esperando em silêncio pelo abraço do tempo... que só chega quando quer...

A saudade é um amor que fica!... alguém disse!... mas a saudade é também a recordação de alguém que mesmo perto... está tão longe e silencioso no vazio do seu tempo...

Às vezes dói-me o silêncio dum instante... quando sonhando com a vida que ficou lá atrás... sou despertada pelo tic...tac... do relógio do tempo presente... me querendo transportar dos sonhos que estavam emparedados no meu pensamento para a realidade do momento... e eu esquecida de mim... abafo os meus desejos dentro de ti... e conto os minutos que faltam para a eternidade...

E o tempo passa... silencioso... quase sem se dar conta!

By@ Anna D’Castro
Anna DCastro
Enviado por Anna DCastro em 03/03/2016
Código do texto: T5561861
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna DCastro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
207 textos (10901 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/07/19 16:57)
Anna DCastro