Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

tempestade

 “È melhor desencadear uma tempestade a olhos vistos do que pairar na inerte e tediosa neblina dos dias normais”

The blues lives

Sentado no balcão com os olhos fitos na imensidão do universo levemente desenhado em meu copo de vinho. O sonho doce e almiscarado de uma noite de verão sibilando nos ventos e o doce som sussurrante de tua voz enaltecendo minha alma. O blues a tocar me levando a passados remotos entre as lutas das civilizações intere telares e o cheiro de teu perfume a rodar em minha mente como um fantasma etéreo, uma imagem nítida como porem um vislumbre em meio ao toldo estelar que envolve meu ser. Sim estaríamos ali afinal quando as paredes ruírem e o caudaloso mar dos dias engolirem pequenos universos e banais latitudes de vida. Estaremos certos enfim do notorio sentido disso tudo por que o vaivém de seres em busca daquilo que acham que realmente vêem como o que foi projetado de si para si, como apenas imagem de seu interior transfigurada em realidade.
Como uma parede absurda onde os tijolos são os fragmentos da realidade e o reboque a ligação do fio sobrenatural do tear dos amores e dos sentimentos para que de um pouco de sentido aquilo tudo, mas envolto em mitologias se esgrenhando pelo foço humano eu volto a meu copo de vinho pelo que sei ainda é real, ou talvez não seja.
marcos torelli
Enviado por marcos torelli em 30/07/2007
Código do texto: T586046


Comentários

Sobre o autor
marcos torelli
Tambaú - São Paulo - Brasil, 37 anos
9 textos (111 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/05/21 08:49)
marcos torelli