Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EXUMADAS MIGALHAS

Doravante, escuto o relinchar dos lírios
Apocalíptico, acachapante.
Notas de Beethoven a me iludir
- pensamentos plenos de acúleos.
E me tangencia
O prásino e ledo frasco a exsudar tal mel.

Coração à revelia, azinhaga em flor
Dorido de instar, a revelar amenidades.
Ora, ódio!
Ora, idílica e inescrutável fonte!
Tinge de ocre o moxo poeta
Enfraquecido, encarquilhado
Sombras o fazem autárquico.

As vestes a bailar na brisa
Ao relento do fel que engasga, só não imagina.
Incipiente e tredo, a me embriagar...

Apagado o lume
Cai anágua no lodo espesso.

Qual será o próximo verso?
Cesar Poletto
Enviado por Cesar Poletto em 15/03/2017
Código do texto: T5941846
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Poletto
Piracicaba - São Paulo - Brasil
740 textos (34729 leituras)
1 e-livros (256 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/19 04:51)
Cesar Poletto

Site do Escritor